Publicidade

Príncipe William já está de licença-paternidade

21/04/2015 - 11h35

Publicidade

DA AFP

Segundo a Casa Real britânica, o príncipe William já entrou em licença-paternidade, preparando-se para o nascimento de seu segundo filho nos próximos dias.

Ele está em treinamento para ser piloto de helicóptero-ambulância. Um porta-voz do Palácio de Kensington, residência oficial de William, disse que a próxima rodada de treinamento terá início no dia 1º de junho e até lá o papai real está de folga.

"Depois, ele voltará para as suas funções com a Bond [a empresa de helicópteros]", completou o porta-voz. Desde o final de março, William, que é piloto treinado pela RAF (Força Aérea Real), tem revezado entre seus compromissos oficiais e o trabalho nessa empresa de helicópteros-ambulâncias.

Espera-se que o filho de William e Catherine nasça este mês, ou seja, nos próximos dez dias.

Enquanto isso, já foram instaladas as primeiras grades para controlar o fluxo de jornalistas em frente ao hospital St Mary de Londres onde Kate fará o parto.

A duquesa de Cambridge dará à luz na ala particular do hospital, onde é feito o parto e a internação por ao menos 24 horas a um preço de 7.200 euros.

O bebê George, assim como o papai, nasceu no mesmo centro médico em 22 de julho de 2013, em meio a uma grande expectativa e após um interminável cerco midiático de mais de três semanas.

Desde meados de junho, as emissoras de televisão do mundo inteiro haviam instalados tripés e câmeras em frente à porta de entrada da ala Lindo, à espera da chegada do possível futuro rei.

Para evitar um alvoroço similar, o palácio de Kengsington ordenou a instalação de várias grades nos arredores da clínica.

Também proibiu o estacionamento de veículos nas proximidades até 30 de abril em razão deste "acontecimento especial", segundo os painéis luminosos.

Entretanto, alguns turistas conseguem se aproximar da clínica para tirar fotos e fazer suas apostas sobre o sexo do futuro bebê real.

  • Últimas notícias 
  •  

Publicidade

Publicidade

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha