Bichos

Os animais traumatizados resgatados de ruínas da guerra na Síria

Tigre resgatado de ruínas da guerra na Síria
Tigre resgatado de ruínas da guerra na Síria - Reprodução/BBC Brasil


Selo BBC Brasil

Os seis anos de guerra civil na Síria não fizeram apenas vítimas humanas. A  maioria dos 150 animais que viviam no zoológico Mundo Mágico, em Aleppo, foram mortos por bombas. Os sobreviventes estavam a mercê da própria sorte em meio às ruínas do local.

Abandonados em suas jaulas e passando fome e sede, seu futuro era incerto --até uma missão de resgate levá-los para um novo lar. Os donos do zoológico, localizado nos arredores da cidade, haviam fugido por causa do conflito, que já matou centenas de milhares de pessoas e obrigou cinco milhões a deixarem o país-- há outros seis milhões de refugiados ainda dentro de suas fronteiras.

A cidade de Aleppo foi uma das mais afetadas, alvo de um cerco de vários meses no ano passado que interrompeu o fornecimento de água, eletricidade e alimentos.

Quando chegaram ao local, os integrantes da missão organizada pela ONG Four Pawns International, com o apoio do governo turco, encontraram 13 animais sobreviventes: cinco leões, dois tigres, dois ursos, duas hienas e dois cachorros.

Eles estavam traumatizados física e psicologicamente, disse o médico veterinário Amir Khalil, líder da missão. "Não havia o que eles pudessem fazer para escapar dessa armadilha mortal."

O pouco de comida e água que recebiam vinha dos moradores que permaneceram ali. Em uma operação que levou três meses, eles foram resgatados em duas etapas e, primeiro, levados para um centro de reabilitação na Turquia.

Depois, finalmente foram para sua nova casa, um santuário de animais na Jordânia. Mas por que resgatar animais e não pessoas? "É como disse a Madre Teresa: 'Não faço grandes milagres, mas faço vários pequenos milagres' e foi isso que escolhi fazer", afirmou Eric Margolis, patrocinador da empreitada. "Ninguém queria patrocinar essa ousada missão de resgate." 

Um dos animais salvos é uma leoa que estava grávida. Poucas horas depois de chegar ao seu novo lar, ela deu à luz a um leãozinho.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem